Marc Jacobs & Louis Vuitton

3088858828_20b6ab6f48_mEsse é o nome do documentário exibido no canal GNT  durante esta semana. Há algum tempo acompanho o mercado do luxo, tentando ver e entender o que vai além da tendência e da busca incessante por este nicho de consumo. Revistas, sites de tendências, blogs e a própria televisão evidenciam o resultado que anos de fartura proporcionaram um grande aumento no número de milionários no mundo.

Curiosidade : Marketing Share (fonte: Luxury Institute)
EUROPA 35%
EUA 31%
JAPÃO 17%
OUTROS 17%

A LVMH, controladora da Louis Vuitton (adquirida em meados dos anos 90), é responsável pela gestão de nomes consagrados como Dior, Givenchy, Tag Heuer e Moët & Chandon, além de outras marcas que somam quase 60 nomes ao brilhante conglomerado que fatura 24 bilhões de dólares/ano, com lucro líquido de 5,2 bilhões de dólares – via.

É interessante conhecer o estilista norte-americano para entender como o trabalho que realiza à frente de sua própria marca e também na LV se mostram os mais inspirados e lucrativos do mundo fashion. Só para se ter uma idéia, o CEO Bernard Arnault, da LVMH, cita que o trabalho de Jacobs faz com que a Vuitton duplique de faturamento a cada cinco anos.

Marc Jacobs, um aficionado por arte, busca a parceria de novos nomes da arte moderna para dar fôlego às coleções de bolsas mais desejadas (e falsificadas) do mundo, uma vez que acredita-se que apenas 1% das bolsas que ostentam o LV sejam autênticas.

Abaixo, alguns exemplos de ações que fortaleceram a marca e acabaram renovando a fama de nomes como: stephen spouser e yayoi kusama (é interessante ver que alguns destes ecos chegam ao Brasil quase 3 anos depois das semanas de moda européias).

Yayoi Kusama: A artista japonesa iniciou sua carreira aos 10 anos de idade quando começou a pintar polka dots, em suas obras explora sempre a forma circular em todos os tipos de base e cores.

gal13_873lis

*a inspiração

lv07b2

*o resultado na coleção da LV

Takashi Murakami: também de origem janonesa, Takashi Murakami é conhecido por obras multicoloridas e recebeu de Marc a missão de criar uma bolsa multicolorida (com 36 tonalidades diferentes). Virou uma febre e até hoje é um grande sucesso nas lojas da marca.

gal13_870lis* a inspiração

11464636_white_multi

* as bolsas que custam milhares de dólares.

Stephen Sprouse: amigo de Marc e voltado para a arte e moda de rua, para mim, o melhor exemplo da capacidade de Jacobs combinada com um grande tino para o negócio da moda.

louis_vuitton_skateboard

Dez/2008 – primeiro case para skate com a etiqueta da grife francesa

A  parceria deste artista com Jacobs (em 2001) consistiu na “heresia” de grafitar as bolsas que continham o famoso monograma. A coleção foi um imenso sucesso e originou, como homenagem ao designer americano morto em 2004, uma loja só com produtos “We love stephen sprouse” no bairro do Soho em NY, inaugurada mês passado.

sprouce2

aqui e aqui

Será que o “gênio” será abalado pela crise? Duvido muito.

UPDATE 1: Hoje, no início da semana de moda masculina  de Paris (inverno 2009/2010), a LV desfilou sua nova coleção. aqui

Anúncios

4 pensamentos sobre “Marc Jacobs & Louis Vuitton

  1. Pingback: Takashi Murakami for Louis Vuitton « El jueves y el diseño

  2. Pingback: Lixo? « El jueves y el diseño

  3. Pingback: Hermes X LVMH « El jueves y el diseño

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s