Green Kitchen

O principal tema tratado no curso de Gestão Estratégica de Design da UBA, que deu origem a esse blog, foi a sustentabilidade. Para isso, além de estudar diversas disciplinas afins, o trabalho final consistia no desenvolvimento de uma linha de produtos ecoeficientes.

Como o foco de minha equipe (trabalhamos o ano inteiro, como se fosse um estúdio de verdade), foi parar na cozinha, acabamos estudando à fundo muitos projetos bem interessantes que, se hoje ainda são protótipos e promessas, em menos de 10 anos estarão nas lojas, revolucionando um dos espaços menos eficientes dos nossos lares.

A cozinha é um lugar onde se gasta muita energia, se consome muita água, se produz mais da metade do lixo das casas, assim, propostas de mudar nossa relação com este espaço é, não só importante, como urgente (sim, eu acredito em aquecimento global).

O post vai ser longo, mas toda vez que eu prometo dividí-los em dois, a segunda parte morre e nunca é publicada. hehehe

Cozinha Whirlpool | Projeto: Greenkitchen

A Whirlpool é a maior fabricante de eletrodomésticos do mundo. Dona da maioria das marcas líderes de mercado e presente em mais de 100 países, a empresa vem orientando sua posição de inovação no mercado para a sustentabilidade (não só em preocupação ambiental, mas também em ações junto às comunidades).

Através de alianças estratégicas com empresas como Cisco e Nokia, a gigante desenvolve, há mais de 10 anos, o que chamou de “Sexto Sentido”, uma tecnologia que busca aumentar a o rendimento dos eletrodomésticos, com o menor uso de recursos naturais e energéticos (alguns produtos prometem até 30% de economia).

Em 2008, a empresa apresentou o projeto GreenKitchen, um protótipo de uma cozinha “ecológica”. Baseada na idéia de ciclos naturais, todos os elementos da cozinha estão interligados e, o que se perde em uma operação, serve para alimentar energética ou calorificamente, alguma das outras funções (por exemplo: o calor do motor da geladeira, aquece a água para lavar a louça). Segundo o fabricante, isso resulta em 70% mais  eficiência energética e até 25% em economia real do seu dinheirinho.

Cozinha Aion

É do designer francês Lebrun o projeto que estará disponível já em 2017 . A mesa de operações combina soluções simples com tencologia aeroespacial. Fechada, parece uma pequena horta (desenvolvida por cultivo hidropônico), aberta, se pode ter acesso ao fogão (um cooktop com vitrocerâmica) e a uma pia.

A parte “óoohhh” do projeto fica por conta das plantinhas, responsáveis por filtrar os odores da cozinha e além disso abastecerem com o detergente necessário para lavar os pratos. Por detergente entende-se: seiva natural. Conclusão: menor impacto ambiental com o uso de matéria orgânica.

Vittore Inox Kitchen


Os designers suíços Giancarlo Mino y Gregorio Soumas basearam seu projeto na idéia de sustentabilidade+aproveitamento de espaços. Em pouco mais de um metro, estão dispostas a pia, uma tábua para corte, uma estante de aço e outros espaços para acondicionamento de produtos, além de espaços para apoiar pratos e  uma base de vitrocerâmica para cozinhar (incluindo, na parte superior, um extrator).

Projetos Electrolux


A Electrolux aproveita seu concurso anual de design para promover idéias inovadoras na área. Uma das boas idéias da edição de 2008 foi o Flatshare, um refrigerador portátil e modular, que reduz muito o consumo energético através da separação em módulos de maior ou menor refrigeração.

Outro projeto legal é a Rendez-vous Interactive table, uma mesa que, não só pode ser usada como tal, mas também pode servir para aquecer e cozinhar alimentos através de um sistema de indução eletromagnética (fiquem de olho, essa tencologia vai revolucionar a cozinha – assim que descobrirem como baratear os processos produtivos). Abaixo da mesa, gavetas podem receber uma geladeira e até mesmo um forno.

Philips Green Cuisine

A proposta da Philips é toda high tech. Uma mesa que possui sensores que recebem as “ordens” dos usuários e trabalham conforme essas definições. Um mesmo ponto da mesa pode servir para aquecer ou esfriar, bastando o toque no sensor para a direita ou esquerda. Além disso, conta com uma lavadora de pratos e até mesmo uma gaveta para decomposição do lixo orgânico em matéria para adubo de suas plantinhas.

O conceito mais interessante dessa compacta cozinha é o uso racional da energia. Já que ela possui sensores que adaptam a quantidade de energia ao peso e volume dos materiais que são apoiados sobre ela.

+ Vale conhecer também: Valcucine Recyclable Kitchen | Ekokook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s